quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Aquele sobre meus desejos para 2012...


 ...Imagine todas as pessoas vivendo a vida em paz... 




Você pode dizer
Que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Eu tenho a esperança de que um dia
você se juntará a nós
E o mundo será como um só

Imagine não existir posses
Me pergunto se você consegue
Sem necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade de homens
Imagine todas as pessoas
Compartilhando todo o mundo...”

[ Imagine – John Lenon]


Conto*...

Era uma tarde de domingo e o parque estava repleto de pessoas que
aproveitavam o dia ensolarado para passear e levar seus filhos para brincar.
O vendedor de balões havia chegado cedo, aproveitando a clientela infantil 
para oferecer seu produto e defender o pão de cada dia. 
Como bom comerciante, chamava atenção da garotada soltando balões
para que se elevassem no ar, anunciando que o produto estava à venda.

Não muito longe do carrinho, um garoto negro observava com atenção.
Acompanhou um balão vermelho soltar-se das mãos do vendedor
e elevar-se lentamente pelos ares.
Alguns minutos depois, um azul, logo mais um amarelo,
e finalmente um balão de cor branca.

Intrigado, o menino notou que havia um balão de cor preta que o vendedor não soltava.
Aproximou-se meio sem jeito e perguntou:
"moço, se o senhor soltasse o balão preto, ele subiria tanto quanto os outros?"
O vendedor sorriu, como quem compreendia a preocupação do garoto,
arrebentou a linha que prendia o balão preto e, enquanto ele se elevava no ar, disse-lhe:

"Não é a cor, filho, é o que está dentro dele que o faz subir."
O menino deu um sorriso de satisfação, agradeceu ao vendedor e saiu saltitando,
para confundir-se com a garotada que coloria o parque naquela tarde ensolarada. 

* não sei quem é o autor desse texto.:(


Assim sendo desejo que 2012 haja P A Z!
Paz entre as nações e principalmente entre os seres humanos...

Toda e qualquer forma de preconceito deve ser banida.
Toda e qualquer forma de preconceito desqualifica e presta um desserviço a humanidade...
Acredito que só evoluiremos enquanto seres humanos quando abrirmos mãos dessas ideias pré-concebidas que nos fazem retroceder...
Danileide Pinheiro.


quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Aquele sobre conviver com as feridas...



A Fábula do Porco-espinho.


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.

Estou tentando conviver com as feridas que causo nos outros e que causam em mim... 
Quero ser feliz!
É pedir muito?

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Aquele sobre tentar outra vez...

Queira! (Queira!)
Basta ser sincero
E desejar profundo
Você será capaz
De sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
...




[Raul]

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Aquele sobre Ei, tem alguém aí?



Socorro!
Não estou sentindo nada
Nem medo, nem calor, nem fogo
Não vai dar mais pra chorar
Nem pra rir...


[Arnaldo Antunes]


Imagem daqui.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Aquele sobre Eu quero uma dessas!

Daí que eu estava por aí fuçando os sites e blogues e achei essas duas canecas charmosas.
Eu quero! Quero!
A primeira é do site americano  UncommonGoods. Tem um monte de coisas legais lá, mas agora eu só queria a caneca mesmo. kkkkkkkk



E esta segunda tão interessante é da Wishing Fish também norte-americana.
Ela muda de cor de acordo com a temperatura. Vai de Off para On. Legal, né?
Alguém sabe se vende aqui no país?

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Aquele sobre lista de casamento...



Quem casou sabe a dor de cabeça que uma inocente lista pode trazer.
Estresse, choro, cara de pau dos outros que acha que convite de casamento é assim um ingresso pra uma balada e que pode transferir sem problemas, caso não possa ir. Enfim, muito analgésico, conversas e "a lista da lista da lista " fica pronta. E não é que ela ainda dá trabalho depois de pronta e finalizada?
Tenho duas amigas que vão casar em pouco tempo e assim que me perguntaram o que deu mais trabalho, não hesitei em responder: a lista de casamento. 
O conselho que eu dei a elas? Convide as pessoas que você gosta e que te dão prazer. Nada de chamar "fulaninho" ou " sicraninho" por consideração ou porque alguém disse que você deveria chamá-lo.A festa é sua e é isso que importa. 
Encontrei uma crônica de Antônio Prata ( adoooro!) que explica essas situações muito bem. Na visão dele é até engraçado todo esse " aperreio".
espero que gostem.
Beijos.



Convite de casamento

                         
Que que eu posso te dizer, Joana? Desculpa? Foi mal? Que você é uma amiga querida? Que eu te adoro? Mas de que adianta, agora que o casamento já passou e você não foi convidada?
Joana, você não sabe a confusão que é organizar um casamento. Se eu fizesse tudo de novo, além de uma “wedding planner”, teria contratado um diplomata, um egresso do Itamarati, formado em acordos e desacordos comerciais em Davos, Doha e Washington, só para administrar as complexas relações envolvidas na produção da festa. Nas mãos do meu private Barão do Rio Branco, jogaria a mais espinhosa das tarefas: a elaboração da lista. Ah, Joana, o coração é grande, mas a grana é curta, as famílias são numerosas e como vamos espremer todo mundo debaixo do mesmo toldo, com o preço do metro quadrado?!
Eu tinha cá pra mim que o casamento era uma celebração para a qual você chamava as pessoas mais queridas que havia trombado durante a vida. Antes de chegar nos prediletos, contudo, tem os obrigatórios. Família: tios, tias, primos, primas, maridos e esposas de todo mundo, do lado do noivo e da noiva. Só aí, Joana, já foram quase 60% dos bem-casados. Depois, vem o pessoal do trabalho. E o pessoal do trabalho antigo. Quando você vai ver, sobraram vinte convites pros amigos e uns trinta abacaxis no seu colo: quem é mais importante, o Pedro, que foi meu melhor amigo da primeira à oitava série, mas que hoje vejo muito pouco, ou o Marcos, que conheço há apenas seis meses, mas em cuja casa jantei na penúltima quinta? E como fazer pra chamar só três do futebol semanal? Se convidar um, tem que convidar os onze, que são vinte e dois, com as esposas, e vinte e nove, com os filhos. Joana, veja a que ponto cheguei: um mês antes da festa, ao saber que um grande amigo tinha se separado, sorri contente. “Vagou espaço pra mais um convidado!”
Se isso serve de consolo, te digo que seu nome sobreviveu, incólume, a três carnificinas. E foi só no último corte da lista -- quando um tio avô de Pelotas resolveu convidar-se, trazendo com ele a tia avó e uma primaiada sem fim – que você saiu. Pois, Joana, por mais querida que você seja, há de entender: é uma amiga avulsa. Nos conhecemos naquele acampamento Carroção, em 1987. Era melhor tirar você do que partir uma turma ao meio, do que separar maridos e esposas, pais e filhos, laterais de centroavantes, compreende? Não, talvez você não compreenda.
Ah, Joana, se eu casasse de novo, desistia de chamar a turma do futebol, nunca mais aparecia pra jogar e chamava você. Pronto. Mas agora é tarde. Espero que, como reparação, você aceite esta crônica e o convite antecipado para as bodas de prata, a realizarem-se em junho de 2035, em local ainda a definir. Pode levar seu marido, seus futuros filhos e netos, caso os tenha. Desculpa, Joana. Foi mal. Você é uma amiga querida e eu te adoro. Que mais posso te dizer?


terça-feira, 1 de novembro de 2011

Aquele sobre ser mãe...


Para Val e Nelinha...

Meninas, recebi essa frase por e-mail e ela foi atribuída a José Saramago, entretanto sempre checo frases ou textos recebidos por e-mail e eis que encontrei um blog (clique aqui para ir até lá) onde a autora revelava também sua desconfiança por poemas, textos e afins e teve certeza do que desconfiava, a frase não é de Saramago, mas quem escreveu definiu de uma forma tão simples e ímpar que vale dedicá-la a vocês. Bjs.


Definição de filho.

“Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isso mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo!”


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Aquele sobre o tempo passar depressa...


Oi, amor!
Não ando muito inspirada... Só queria mesmo registrar o quanto estou feliz.
Com você estou em constate aprendizado:
menos ciumenta, ( rsrsrs...)
mais confiante,
menos ‘novela mexicana’, ( rsrsrs...)
mais firme,
menos insegura,
mais decidida,
menos envergonhada,
mais direta,
menos preocupada,
menos desencanada,
mais feliz.
Obrigada!

Eu queria ter feito essa música pra você. Ah! e mais brega também, não é? fazer o quê...

Lado a lado
Eu queria tanto lhe dizer
Coisas bonitas, vindas do coração
Eu queria tanto lhe dizer
Que eu o amo até demais
E sempre vou amar
Você pra mim tem sido tão especial
Presente do senhor pra minha vida
Não foi apenas um encontro casual
Foi muito mais que apenas emoções
É bom amar
E ouvir você dizer baixinho
Que também me ama com carinho
Que está apaixonado
Como eu estou por você
É bom amar
Saber que estamos lado a lado
Que esse amor por deus abençoado
Vai ficar pra vida inteira
Sempre em nossos corações

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Aquele sobre "Nossa dor não advêm das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram."*




Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros
Por mês...
...


Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto "e daí?"
Eu tenho uma porção
De coisas grandes prá conquistar
E eu não posso ficar aí parado...
...
Ah!
Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro
Jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco...
É você olhar no espelho
Se sentir
Um grandessíssimo idiota
Saber que é humano
Ridículo, limitado
Que só usa dez por cento
De sua cabeça animal...
...
* A frase do título é de autoria do grande  Carlos Drummond de Andrade.

domingo, 16 de outubro de 2011

Aquele sobre “Não sei como escreve”...



Acredito que em algum momento a maioria de nós, meros mortais, já fez isso, menos Val e Dani, hehehhehe, não tem certeza da grafia correta de uma determinada palavra e usa como desculpa a pressa, mas na verdade é a preguiça de pesquisar.
Sendo assim escreve a palavra e em seguida uma famosa frase: “Não sei como escreve” ou uma de suas variantes: “ Como escreve isso?” “Não sei se digitei certo”... Enfim alguém teve a brilhante ideia de reunir algumas dessas frases das redes sociais e publicar.
Algumas pérolas: Maquissilar ( maxilar), Cussecativamente ( sucessivamente), Enssenssatez (inssensatez)...

Segue o link da matéria da Revista Época e o link direto do thumbrl.
É diversão garantida, pode acreditar. Eu ri muito.







sábado, 15 de outubro de 2011

Aquele sobre a Educação neste país...

E como hoje é Dia do Professor: Parabéns!
E eu tenho uma família inteira desses que são os verdadeiros Heróis dessa nação, viu Bial?
Lá vai umas charges tristes, é verdade... Mas verdadeiras.
Mãe, tia Naza, Daniella desculpa aí... E parabéns pela coragem e pela esperança!
Valquiria se livrou a tempo, hehehhe.









'Seria cômico se não fosse trágico'. Ou seria o contrário?


* Recebi por e-mail as charges. Os créditos estão nas imagens e os que consegui entender abaixo delas.


sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Aquele sobre música boa...

Sou viciada em música boa. Letra e ritmo suave que transportam a gente pra outros lugares.
Que nos faz pensar, mas de uma maneira sutil, leve, agradável.


Conheci o trabalho desse músico através de um blog que gosto de acompanhar, A casa que minha vó queria, da Ana, uma pernambucana que está morando no Rio. O blog dela é bem legal sobre decoração, eu recomendo. Aí 'fuçando' as postagens dela achei um vídeo do Marcelo Jeneci, e esse clipe foi gravado aqui em  Pernambuco. Ficou lindo. A voz dele é maravilhosa! Estou viciada. Hahahahaha.


No site dele dá pra ouvir o cd inteiro (clica na imagem). A música do clipe felicidade é encantadora, dá vontade de sair pelas ruas andando de bicicleta em 'dia de chuva'. Muito bom mesmo!
Dá uma olhada no trabalho dele. É maravilhoso!

Outra cantora que adoro e já conheço há algum tempo é a Tulipa Ruiz, o trabalho musical dela também é perfeito. Harmonia gloriosa de voz, letra e melodia. Não sou especialista em música, não saberia se quer dizer quais instrumentos são mais explorados nas canções, se o tom é baixo ou alto, enfim... O que sei é reconhecer trabalhos bons, meus ouvidos são bem seletivos. kkkkkkkkkk.


Clica na imagem e curte um pouquinho da Tulipa. Adoro a canção " Pedrinho" e " A ordem das árvores".
Você também vai gostar.



quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Aquele sobre emagrecer... Ou engordar

    

Descobri o que me faz engordar...
... É o shampoo! No rótulo está escrito: " Para dar corpo e volume".
Vou usar detergente de louça, são mais eficazes segundo o rótulo :" Elimina até as gorduras mais difíceis".
Hahahahaha. Pronto. Adeus dieta.
Bjs.



quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Aquele sobre ver a fênix ressurgir...




 É sempre bom ver as coisas voltando ao normal, melhorando ou ‘ saindo do lugar’. Estou acompanhando por e-mail através de Tio Dedés ou seria Reginaldo? Kkkkkkkkkk, os progressos em Sobradinho – BA (minha cidade natal). O secretário de Turismo do município Edísio Pinheiro (valeu, tio!) está dando sua contribuição para que aos poucos o trem volte aos trilhos. Fico Feliz. Imensamente feliz!
Prefeitura de Sobradinho-BA e Grupo de Vaqueiros realizaram a 12ª Missa do Vaqueiro.


COPA VELA ADVENTURE - 8 E 9 DE OUT. EM SOBRADINHO-BA


sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Aquele sobre adorar unhas pintadas


Adoro unhas bem feitas e pintadas.
Gosto quando a cutícula é totalmente retirada. kkkkkk. Mas sei que isso é errado.
Achei essa matéria bem interessante  no portal Beleza e Saúde sobre cuidados com as unhas.
Tem umas dicas bem bacanas e fáceis de pôr em prática.
Dá uma olhadinha lá.

http://belezaesaude.dae.com.br/unhas-bonitas/

Imagem: Corbis.

Aquele em que temos que sair do lugar...



... Encontrei essa imagem passeando em algum blog. Não sei mais de que é. :(

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Aquele sobre a melhor MULHER do mundo...

Ela me ensinou que não se deve temer nada...
Principalmente quando agimos de maneira correta e honesta.
Ensinou que se for de outra forma não serve.
Que família é a base de tudo e o porto seguro para onde sempre voltar.
Que família pode até espetar, mas não assa.
Que quanto mais unidos formos, mas difícil será nos vencer.
Ensinou-me ainda que devemos saber um pouco de tudo mesmo que seja para cobrar do outro. kkkkkkkkk.
Disse-me certa vez que o mundo nos cobra dias de glória, mas não nos prepara para os dias chuvosos.
Nos ensinou a andar, comer com o garfo na mão certa e que existe diferenças entre o pegador de salada e de carne.
Que temos dois ouvidos para escutar mais do que falar.
Que nunca se deve deixar o outro com uma palavra triste nem sem o seu perdão.
Ah! sobre perdão ela sabe muito. Ela perdoa todo mundo, embora às vezes não pareça.
Ela cobra do mundo respeito e verdade.
Enfatiza, sempre que tem a oportunidade, que não existe 'meio honesto', que ou você É ou NÃO É. E ela É.
Está sempre disposta a abraçar, beijar e perdoar mesmo quando eu acho que ela deveria dar umas palmadas.
Construiu boas relações, tanto que a casa geralmente está cheia. Anda vazia ultimamente e ela fica triste por isso.
As portas da casa dela estão sempre abertas como as do coração.
Acolhe todo mundo. Faz o que pode pro tanta gente que vez ou outra sofre com as consequências de confiar em todos.
Ultimamente assumiu uma batalha que não era sua,  e era tão grande, tão intensa... Tive medo de que ela não aguentasse, mas ela é herdeira de um gene forte, corajoso e que não desiste.
Igual a ela é minha avó que também venceu uma guerra complicada há pouco tempo e ainda encontrou junto com toda a família forças para ajudá-la nessa nova empreitada.
E assim ela me ensina mais uma vez e novamente e novamente e novamente: Que família é a melhor coisa do mundo!
E que minha mãe é a melhor Mulher e Mãe do mundo!
Eu costumo dizer-lhe que ela é meu pedaço de terra firme quando o resto é apenas água.

Parabéns, mãe!
Um dia eu serei a filha que a senhora merece.
Te amo e Obrigada!



quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Aquele sobre ser fã...



A cantora Maria rita lançou seu 4º cd, Elo.
Já ouvi as músicas e adorei! Sou fã da música dela, da voz e do talento.
Pra quem gosta e está descapitalizada ( pra não dizer lisa ) como eu, pode ouvir as músicas no portal Sonora da Terra.
Dá um clique na imagem, acho que consegui colocar o link. kkkkkkkkkkk
Beijos.


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Aquele em que acho que quero um também



Será?
O caso é que está todo mundo falando em bebês...
Juro!
A impressão que tenho é de que para onde eu olho, por onde ando tem uma criatura grávida, outra falando de filhos ou os próprios nascendo. kkkkkkkkkkkk
Será que é mesmo ou estou ficando paranóica?
Desse jeito acho que estou começando a querer um também... kkkkkkkk
O que sei é que tem gente que vai ficar super feliz por ai... :)

sábado, 24 de setembro de 2011

Aquele sobre Dica para utilizar bônus de celular...

Oi!




Um colega do trabalho compartilhou um link interessante para descobrir para qual operadora de telefone estamos ligando. E tudo que é bom, útil e de graça vale apena repassar.
É super útil para aproveitarmos os bônus e não causa aquele constrangimento, em alguns casos, de perguntar qual é a operadora diretamente a pessoa. 
Eu já testei e já utilizei diversas vezes.




http://consultanumero.abr.net.br:8080/consultanumero/consulta/consultaSituacaoAtual.action




Espero que seja útil para vocês também.




Imagem: Corbis.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Aquele sobre a nossa Casa...

Uma colega aqui do trabalho enviou esse texto.
Remonta as memórias das casas da minha família... Minha avó, minha mãe, minhas tias...
Até onde me lembro, nas casas da minha família não lavamos a louça logo após as refeições. Minha sábia avó D. Lica diz, do jeito dela, que os pratos sujos e a cozinha a gente arruma depois, bom mesmo é conversar, dar atenção à família e as visitas logo após um almoço ou café que já foi regado a tantas outras histórias ao redor da mesa.
Como eu ainda estou aprendendo a cuidar da minhas relações na minha casa, kkkkk. Deixo o texto auqi como um registro para me recordar sempre das lições da minha família...



Casa Arrumada

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa
entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um
cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os
móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras
e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições
fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde..
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca
ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente..
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

Imagem: Corbis.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Aquele sobre Dúvidas...

Acabar com o regime comendo um delicioso bolo de chocolate, ter um filho ou comprar uma bicicleta?

 

Kkkkkkkkkk.
Bom dia!

P.S Ian respondeu que queria a bicicleta. Garoto esperto!

Fotos.: Latinstock.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Aquele sobre... Encerrar Ciclos

Minha prima me enviou esse texto essa semana. Queria partilhá-lo...
Obrigada, Val!


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...

Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão
.


Fernando Pessoa.


 P.S.Quem souber de quem é a imagem, me avisa por favor.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Aquele sobre o sósia de Santanna E o gostinho de ser Felipe Massa...

E ai que finalmente Santanna encontrou seu sósia, meu pai, Daniel. Kkkkk
Faz algum tempo que falávamos da semelhança entre o meu pai e Santana, o cantador.
Pois bem que quando o próprio cantor o viu ficou impressionado com tal semelhança.
Bateram um papo legal, descobriram afinidades e minha irmã, Daniella Pinheiro, fotógrafa de 'câmera cheia' se me permitem o trocadilho registrou o momento histórico.


E Santana "sósia" não contente com o dia de estrelato ainda posou ao lado de outra estrela:
Uma  FERRARI pela qual Massa já correu. Um sonho vermelho...
Adoro fórmula I. Kkkkk

Amo!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Aquele em que não pode chover para sempre...

Impotência, incompetência, incapacidade...
Olhar para trás e não conseguir enxergar nada.
Não ter feito o que sonhou...
Não ter feito o que planejou...
Não ter feito nada.
Mas não pode chover para sempre, certo?


P.S. não sei de quem é a imagem. Quem souber e puder me avisar para dar os devidos créditos, agradeço.

domingo, 12 de junho de 2011

Aquele sobre o São João...

Já é São João aqui na terrinha...
Não tô muito animada não, confesso.
Será que envelheci e não percebi? Há grandes chances.
Talvez e só talvez seja a escassez de dinheiro... Justifica?
Bom, enquanto a coragem de enfrentar uma noite no pátio com pisões no pé, empurra-empurra, puxões d ecabelo e barulho, barulho e mais barulho naõ chega...
Fico em casa curtindo o maridón, filme e esperando o frio... É que por essas banda, ele ainda não chegou.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Aquele sobre... Sobre o quê mesmo?

...
Bin Laden morreu. (Será mesmo? Sou adepta da versão que ele está na área 51).
Maio chegou por aqui chuvoso, quieto, chato.
Falta dinheiro pra terminar o mês que acabou de chegar.
Falta disposição para perder 10 quilos que chegaram há algum tempo.
Sobra vontade de aprender algo diferente.
Sobra vontade de fazer algo que nunca fiz.
Que ninguém acredite que eu faça.
Falta tempo. Coragem. Ânimo. Disposição.
Será que chega ou vai passar?
...

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Aquele sobre o casamento...

Estava devendo alguns comentários não era?
Atrasaaaaaaaado, mas lá vai alguma coisa.

Primeiro quero dizer que foi lindo, maravilhoso eu adorei...
Dancei um bocado.  Me diverti muito mesmo.
Acho que não dei a devida atenção aos meus convidados: desculpem-me, por favor!
Deu um trabalho e um medo de que não desse certo, mas ao final tudo funcionou direitinho.
Graças a Deus e a minha família e amigos que ajudaram em tudo. 
Beijos.

Seguem algumas fotos:


















Beijos!